Sobre o Arco de São Jorge

Arco de São Jorge

A origem do nome da pitoresca Freguesia do Arco de São Jorge advém dos montes que a circundam em forma de “arco”. Até 1676 o território da actual freguesia pertencia à Freguesia de São Jorge, da qual herdou o de “São Jorge”. O Arco de São Jorge foi elevado à categoria de freguesia a 28 de Dezembro desse mesmo ano. Pertenceu à Freguesia de São Jorge desde que esta foi criada em 1517, mas no ano de 1676 foi separada, e então denominada de Arco de São Jorge.
Aninhado entre o azul do mar e o majestoso, verde acidentado das montanhas você encontrará a Casa del Mar, ideal para os amantes da natureza e aqueles que apreciam os seus confortos. A população do Arco de São Jorge tem como actividades principais a agricultura e a viticultura sendo o acesso a esta bela freguesia feito através da estrada regional que liga os concelhos de Santana e de São Vicente. A Sul tem as montanhas e a note o Oceano Atlântico.
A Casa del Mar está devidamente licenciada para o alojamento local e está cercada por um ambiente natural e rural, em perfeita harmonia com a vida no campo local, que oferece tudo o que precisa para uma visita pacífica e saudável.Vá dormir com o som do silêncio, acorde para o chilrear dos pássaros e prepare-se para uma experiência inesquecível: o charme do campo em um lugar verdadeiramente excepcional acompanhada por natureza em paz e sossego.

 

O que fazer no Arco de São Jorge?

O Arco de São Jorge é uma freguesia limitada pelo mar e pela serra, rica em paisagens deslumbrantes, conhecida pela sua paz, tranquilidade e pela simpatia das suas gentes. Há no entanto alguns pontos de referência que valem a pena visitar pois são o espelho da história e cultura das gentes do Arco de São Jorge tais como:

  • Museu do Vinho e da Vinha tem patente uma exposição que retrata a ligação da população local à cultura da vinha, como também possui um serviço de degustação das castas produzidas nesta freguesia.
Museu do Vinho e da Vinha
  • A Doces Tradições é uma empresa sediada nesta freguesia que para além de confecionar doçaria tradicional, pão, bolos e broas amassados manualmente, e cozidos em forno a lenha, produz também peças de artesanato.
Confeção de broas na empresa Doces Tradições
  • O Roseiral da Quinta do Arco possui uma das maiores coleções de roseiras da Europa, com mais de 1000 espécies, num total de cerca de 17000 roseiras. Desde espécies antigas a recentes, de vulgares a raras, todas estão identificadas pelos nomes e respetivas classes. Aqui poderá desfrutar da cor e do perfume das rosas.
Roseiral da Quinta do Arco
  • Os fontanários desta freguesia, como o da Enseada, da Quinta, a Fonte da Quebrada e do Fundo da Quebrada, representam outro dos atrativos, uma vez que são uma demonstração de práticas culturais e sociais locais.
Fonte do Fundo da Quebrada
  • Também os Poços de lavar comunitários recentemente recuperados, constituem uma forte herança cultural do modo de vida das populações desta freguesia. Estes poços estão localizados junto à igreja e no sitio da Quebrada, na estrada em direção à praia.
Poços de Lavar Comunitários
  • Os Miradouros, como o da Beira da Quinta, do Redondo, da Roda da Quebrada, do Cabo Aéreo oferecem vistas privilegiadas sobre esta encantadora localidade.
Vista sobre o Arco de São Jorge do miradouro da Beira da Quinta
  • A Biblioteca Feiticeiro do Norte é também um espaço multimédia, onde é possível consultar as obras literárias pertencentes ao seu espólio. O nome atribuído a esta biblioteca é uma homenagem ao autor popular Manuel Gonçalves, que compôs um vasto leque de poemas populares que ainda hoje são conhecidos por toda a ilha da Madeira.

 

  • Poderá caminhar à beira mar ou fazer caminhadas nas inúmeros percursos a pé, desde veredas e levadas sem grau de dificuldade. É o melhor que a natureza tem para lhe dar.

 

  • Palhosca é um café com possibilidade de encomendar refeições para grupos, cuja arquitectura é baseada na casa típica de Santana. Este tradicional café é um ponto obrigatório podendo consumir diversos comes e bebes tradicionais e passar momentos muito agradáveis. O café situa-se no Sitio da Felpa em São Jorge e fica a caminho da levada do Rei.

IMG_4810